quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Menina inocente


Hoje tenho 30 anos, histórias sexuais é o que não me faltam, mas voltarei a uns 10 anos atrás. era uma menina como qualquer outra da quela época, inocente e sem saber nada dos olhares maliciosos que alguns velhos cinquentões carregam com sigo.
lembro-me como se fosse hoje, estava na casa de meu vizinho dos fundos, já passavam das 16:hs, meus irmãos estavam na escola e meus pais estavam trabalhando. era comum estar na casa dele, pois era amigo dos meus pais.
eu estava vestindo um short meio curto e bem solto do corpo e uma camiseta, não usava calcinha, por que não era acostumada.
ele estava concertando um sapato, sentado no chão da cozinha e eu sentei de frente para ele com as pernas abertas, não percebi que nese jesto minha xana havia ficao a mostra eo pior, ele percebeu e não conseguia parar de olhar,
depois de uns minutos ele se atreveu em meter a mão por uma das barras do shorte indo meter o dedo na minha xana. eu achei estranho aquilo e quis fechar minhas pernas, mas ele não deixou, disse que só queria ver o que eu sentia quando ele enfiava o dedo.
então ele começou a fazer movimentos no meu grelinho e percebeu que eu estava gostando, então tirou o dedo e chupou-o eme perguntou se eu gostei, fiz apenas o sinal com a cabeça, que sim, ele então perguntou se eu queria continuar a brincadeira, fiquei com medo, mas em fm ele acabou me convencendo.
fechou toda casa e me levou para o quarto e disse que iamos brincar de marido e mulher. pediu-me que tirasse a roupa e deitasse na cama, abriu minhas pernas e começou a me chupar com muita força. chupava tanto que doia e me fazia lagrimar, ficou asm poruns dez min. e depois começou a me lamber todinha, chupavacm muita força os meus seios que mal se podia ve-los de tão pequenos, tentou por varias vezes me beijar mas eu não quis e por fim pegou o pau duro de tesão e começou a enfregar na minha xana, cospia e batia com o se pau, até que me disse que ue ia sentir um pouco de dor mas ia pasar logo e começou a meter e eu comecei a chorar e pedia para ele parar, quando ele percebeu que eu estava começando a gritar, me segurou e fechou minha boca. só queria que aquilo parasse e depois de algum tempo ele gozou e disse para eu não gritar. disse que era assim mesmo e deitou-se e me colocou em cima dele e novamete enfiou em mim, não doeu como antes mas podia sentir as estocadas no meu útero, depois ele me puxou pelos cabelos e me fez chupar seu pau e gozou no meu rosto. saciado mandou-me para casa e disse que não falasse a ninguém pois me daria uma surra. fiquei doida por alguns dias e quando teve outra opurtunidade me emrrabou novamente. não foi a melhor, mas numca mais encontrei outro negão com um pau maior de 30cm. como aquele



                            conto retirado do site   http://www.casadoscontos.com.br

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário