sábado, 8 de outubro de 2011

Virgem...para o namorado não dava...mas para mim...Que Delicia!!!...

Hoje já estou com meus quase 70 anos, viuvo há 8 anos, o pau poucas vezes dá sinal de vida...com VIAGRA e olha lá!

Mas...em 1984...lecionava em uma Universidade em Londrina - Pr.(UEL) e frequentava a Associação de Funcionários, para jogar aquele futebolzinho de fim de semana e beber aquelas cervejinhas geladas...conheci Tânia (nome real...com certeza) o nome do côrno do namorado dela não vou falar senão pode dar na cara.

Morena linda(sua mãe filha de alemães e seu pai negro...bem negrão mesmo...imagina o que virou isso...ela era achocolatada....maravilhosa)...magra...olhos bem negros...seios médios...duros...barriguinha charmosa...um sorriso de matar qualquer um de infarte cardíaco...aqueles dentes branquinhos....viciada em se bronzear, chamava atenção, seu corpo ficava brilhante...bikini curtissimo...para provocar os tarados de plantão.

O namorado, todo cheio da razão...mas coitado...pobre....na época nem uma MOBILETTE tinha...todos... a grande maioria a cobiçavam...ele sabia...era uma questão de tempo levaria um chifre.

Na época estava separado de minha primeira espôsa, tinha 2 filhas gêmeas da mesma idade dela (17 anos)...portanto me sentia esquisito em sentir atração por ela...era algo estranho...mas ao mesmo tempo desafiador e excitante.

Seu namorado trabalhava como assistente administrativo em um Centro de Estudos do Campus onde eu Lecionava, me aproximei dele e nos tornamos amigos, além de meu parceiro nas cervajas de sábado, sempre lhes dava carona...pois moravam em um conjunto habitacional chamado 5 CONJUNTOS.

Para ser sincero, além de provocativa, ela tinha um jeitinho de putinha safada, apesar da pouca idade, bebia cerveja além do necessário e vivia ás gargalhadas no meio da turma.

Naquele começo de tarde tipo 13:30, o clima havia virado, de um sol brilhante para uma fina chuva, além disso também o clima entre Tânia e seu namorado estava tenso...tanto que pediu uma carona para mim...seu namoprado deu ok!!!...era o inicio da desgraça...para ele claro...para mim a glória!!!

Ela vestia um vestidinho branco...leve ...e curto...que realçava aquele pela morena...maravilhosaaaaaaaaaaaaa....no caminho conversavamos assuntos triviais...até que encaixou...ela era apaixonada pelo ROBERTO CARLOS...assim como eu....tava ai o gancho....

***Tenho vários discos do Robeto no meu AP...tá a fim de ouvir??? joguei a cantada...

Para meu espanto...de primeira aceitou...cara...delirei...aquela ferinha tava entrando na toca do leão e com certeza seria devorada.

Morava na época em um edificio no calçadão da Praça Gabriel Martins de Londrina (não vou citar o nome por motivos óbvios... claro né).

Adentramos a garagem e logo estavamos a subir pelo elevador ao 11° andar...apto...1101...seu corpo pequeno tipo 1:60 de altura...magra...gostosinha...mal sabia (ou sabia... sei lá) na emboscada que estava entrando...

A deixei na sala enquanto fui buscar latinhas de cerveja...

***Pra mim já chaga Marcos...já bebi demais hoje!!!

---Que isso Tânia...eu vou te levar em casa...fica tranquila...só mais uma latinha vai!!!

Aceitou...foi um bom começo.

====VOCÊ FOI... O CASO MAIS ANTIGO... O AMOR MAIS AMIGO... QUE ME ACONTECEU!!!

Cantava o Roberto no meu 3x1...convidei-a para dançar....que tesão cara...um quarentão quase devorando uma de 17...dali para sussuros no ouvido,,,beijinhos no pescoço,,,mordidinhas na auréola da orelha e por fim um louco e devorador beijo em sua boca...peguei-a nos braços e a levei ao meu quarto...ficamos namorando por 40 minutos...pelados...suados...aquela altura imaginava eu....mas que putinha safada...com 17 anos e dando pra todo mundo....mas pasmem....P U T A Q U E O P A R I UUUUUUUUUUUUUUUUU!!!!

Quando abri aquela bucetinha depilada...toda melADA de tesão...a F I L H A D A P U T A era cabacinho.

****Você é virgem menina???

---Claro...e só dou para você se gozar dentro!!!

MEU DEUS....aquilo me levou a loucura...tinha 2 filhas em meu casamento e 1 filho extra conjugal...tanto que decidi fazer uma Vasectomia...e o principal nessa louca história...nunca tinha tirado o cabacinho de nenhuma mulher.

Lambi...chupei...mordi de leve seu clitoris...finalizando,,,a deixei subindo pelas paredes...a muito meu pau não ficava tão duro...enquanto lambia seu cuzinho...visualizava sua bucetinha piscando de vontade de levar vara...pincelei lubrificando a cabeça de meu pau no mél que brotava de sua buceta....encaixei...ela fechou os olhos ansiosa pelo tão sonhado defloramento...exerci uma leve pressão...em sua face um breve sinal de desconforto...a cabeça de meu pau havia transpassado seu himen...comecei a empurrar...5 cms...e tirar 3....até debruçar meu corpo sobre o dela...estava consumado...sua pequena vagina se acoplara a meu cacete...suas pernas enlaçaram meu quadril...suas unhas roçavam minhas costas...sua respiração forte e ofegante dentro de minha boca me enlouqueceram...sem piedade comecei a detonar aquela pobre bucetinha virgem...nossas púbis se chocavam forte causando fortes estampidos...se contar a vocês não vão acreditar...jamais gozei tanto e tão gostoso....a safadinha ficava susssurrando em meu ouvido....METE...METE...METTTTTTEEEEEEEE!!!! quase desmaiei de tanto esporrar...esvaziei meus testiculos dentro daquele putinha safada.

Pegamos uma ducha refrescante...mas nada rolou...pois eu estava esgotado...a deixei em casa...quando retornei...apenas uma pequena mancha de sangue e muita porra sobre o lençol.

Nunca mais nos relacionamos...2 anos após largou de seu namorado e se casou com um gerente do Banco do Brasil e se mudou para Porto Alegre...nunca mais a vi.





conto retirado do site    http://www.casadoscontos.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário